Blog Zimobi

Como se preparar para viver de aluguel na aposentadoria

Viver de aluguel é uma ótima forma de complementar a renda da aposentadoria. Não há dúvidas de que viver de aluguel é uma das formas mais atrativas de rendimento. Além de ser um tipo de investimento bastante seguro, a renda mensal obtida com a locação de imóvel serve como uma boa garantia de retorno financeiro.

Sobretudo na aposentadoria, época em que as finanças tendem a diminuir, é preciso encontrar alternativas para conquistar uma renda extra. Mas saiba que, se você deseja viver de aluguel, é importante se preparar para administrar seu imóvel depois de se aposentar.

É necessário, antes de tudo, fazer um bom planejamento financeiro, conhecer seus direitos e deveres enquanto proprietário – bem como os do inquilino – e, ainda, aprender a gerenciar os aluguéis do seu imóvel.

Pensando nisso, mostramos, a seguir, como você pode usufruir do seu imóvel para complementar a aposentadoria, quais são as vantagens de viver de aluguel e de que forma é possível se preparar para entrar nesse ramo. Confira!

 

Como viver de aluguel quando se aposentar?

 

Como todo mundo sabe, a aposentadoria pode trazer certas aflições na vida de uma pessoa. Apesar do tão esperado período por muitos, aposentar-se pode significar uma queda nos rendimentos e, consequentemente, no padrão de vida.

A maioria dos salários de aposentadoria são baixos e não correspondem ao valor integral que a pessoa recebia quando profissionalmente ativa. Por isso, o mercado imobiliário mostra-se como uma alternativa interessante para aposentados que têm um imóvel disponível. Mas você deve estar se perguntando: será que é possível viver de aluguel?

Um dos pontos positivos desse ramo é que a demanda por locação de imóvel tende a ser constante; já que estudantes, trabalhadores e famílias em geral estão sempre em busca de um local para morar. A preferência por alugar, em vez de comprar, também tem sido uma forte tendência, principalmente entre as gerações mais novas.

Além disso, investir na locação de um imóvel tem se mostrado cada vez mais atrativo se comparado com outros tipos de ativos de renda fixa. Do ponto de vista financeiro, colocar um imóvel para alugar é particularmente mais vantajoso se a pessoa já tem um, ao invés de comprar com o único objetivo de alugar no futuro – a não ser que isso seja feito com antecedência e planejamento orçamentário.

No caso de quem já tem um segundo imóvel ou pretende se mudar para um local menor, deixando o atual lugar disponível, torna-se ainda mais fácil. Por isso, se você tem um imóvel e vai se aposentar, viver de aluguel é a solução ideal para ganhar uma renda extra e ter mais qualidade de vida.

Além disso, para quem tem um perfil de investidor mais conservador, o valor dos aluguéis recebidos mensalmente representa uma segunda fonte de renda garantida.

Tudo isso mostra que não só é possível viver de aluguel, mas que esta é também uma das melhores soluções para aqueles que desejam viver a sua aposentadoria com tranquilidade e segurança.

 

Quais as vantagens de viver de aluguel na aposentadoria?

 

Como já vimos, viver de aluguel consiste em uma boa solução para quem deseja uma renda complementar e mais qualidade de vida na sua aposentadoria. Apenas esse fato já mostra um grande benefício deste investimento, não é mesmo? Outras vantagens são:

  • Renda com pouco trabalho
  • Aumenta o seu patrimônio
  • O mercado imobiliário sempre terá demanda
  • Renda fixa de aluguel é vantajosa para investidores

 

Você tem uma renda extra na aposentadoria com pouco trabalho

 

Não é à toa que viver de aluguel é o sonho de muitas pessoas. Afinal, esse tipo de rendimento gera um bom retorno financeiro e, ao mesmo tempo, não exige muito trabalho do proprietário. Hoje em dia, existem até mesmo ferramentas que ajudam a administrar a locação de imóveis, sem que você precise de imobiliárias ou outros intermediários.

Dessa forma, com praticidade e facilidade, você tem a garantia de uma renda passiva mensal, sem a necessidade de se dedicar intensamente à essa atividade. Para quem é aposentado, ela é ainda mais vantajosa, já que permite obter rendimentos enquanto aproveita com tranquilidade essa nova fase da vida.

 

Você aumenta o seu patrimônio

 

Vale lembrar que, além de ganhar renda fixa, você ainda aumenta o seu patrimônio. Afinal, ao viver de aluguel, você não deixa de ser proprietário de um segundo imóvel.

Então, mesmo que ele esteja alugado, você pode contar com mais um bem dentre seus patrimônios. Assim, caso um dia precise ou queira, pode aproveitar a valorização imobiliária para uma possível venda. Agora, se preferir mantê-lo alugado, o imóvel pode se tornar uma fonte de renda segura até mesmo para as próximas gerações da família.

 

O mercado imobiliário sempre terá demanda

 

O mercado imobiliário tem a grande vantagem de sempre existir demanda. Afinal, todos precisam de um lugar para morar. Mas, como nem todos têm condições de ter um imóvel próprio, o aluguel acaba sendo a opção de grande parte da população.

Inclusive, há uma mudança de comportamento na sociedade favorável ao aluguel. As gerações mais recentes, como os millennials, têm dado preferência por viver de aluguel, já que assim não precisam se comprometer com um imóvel próprio.

 

A renda fixa de aluguel é vantajosa para investidores

 

Outra vantagem de viver de aluguel é que a renda fixa da locação é um dos mais atrativos investimentos. Quando as taxas de juros estão mais baixas, o retorno obtido do aluguel se torna mais vantajoso do que outros tipos de aplicação, como o CDI ou o Tesouro Direto IPCA. Isso porque, com a queda da taxa básica de juros, os investimentos mais tradicionais não apresentam boa rentabilidade.

Além disso, investir em imóveis para alugar é uma aplicação de baixo risco. Principalmente para pessoas com perfil conservador, que não se sentem à vontade em investir em ações, a renda fixa de aluguel se mostra como uma das melhores opções de investimento.

 

Como se planejar para alugar o imóvel depois de aposentado?

 

Agora, você já sabe que não só é possível viver de aluguel, como isso traz diversas vantagens. Contudo, é preciso ter em mente que, para alugar seu imóvel, você precisa de um bom planejamento para administrar seus aluguéis.

Para ajudar nesse processo, confira as dicas que separamos para você se planejar e viver de aluguel depois que se aposentar!

 

Faça um planejamento

 

O primeiro passo para viver de aluguel é fazer um bom planejamento, ainda mais se for investir em um novo imóvel. Para comprar, elabore um plano que não extrapole o seu orçamento. Lembre-se de que a ideia é obter receita, e não mais despesas!

Caso já tenha um imóvel para alugar, saiba que é comum haver um tempo médio de, aproximadamente, um mês até que você consiga alugar. Para alugar seu imóvel mais rápido, é preciso apostar em algumas estratégias, como investir em um bom anúncio.

Também é importante considerar os gastos com seu imóvel. Mesmo que seu objetivo seja alugá-lo, existe o período de vacância, o risco de desvalorização, a necessidade de reformas ou manutenções, entre outros fatores.

 

Saiba qual é o seu público ideal

 

Para viver de aluguel, considerar a localização, a infraestrutura, o tamanho e outras características do seu imóvel vão influenciar na determinação do seu público. É importante que você saiba com quem vai lidar, pois algumas estratégias podem valorizar ainda mais seu imóvel.

Por exemplo, ao fazer um anúncio, você pode criar uma linguagem voltada para o público que deseja atingir. Isso não só vai atrair mais interessados, como vai ajudar a encontrar o inquilino ideal para o seu imóvel.

Caso você tenha um público mais jovem, também pode cogitar uma reforma para dar um aspecto mais moderno ao imóvel e, assim, valorizá-lo. Lembre-se que, principalmente para quem pensa em viver de aluguel, é importante manter a valorização do imóvel em alta para que o preço do aluguel não caia.

 

Entenda como calcular o preço do aluguel

 

Outro aspecto importante é saber calcular o preço do aluguel. Existem muitos fatores que influenciam no valor, como:

  • Preço de mercado;
  • Localização;
  • Tamanho;
  • Idade do imóvel;
  • Tempo de uso;
  • Acessibilidade;
  • Infraestrutura.

Tudo isso deve ser levado em conta. Ao fazer uma estimativa, você saberá qual é a média de um valor justo para o aluguel do seu imóvel. E, dessa forma, estará mais preparado financeiramente quando se aposentar, uma vez que terá uma noção precisa de quanto será sua renda extra.

 

Conheça a legislação sobre locação

 

Para viver de aluguel na aposentadoria, também é fundamental conhecer as leis sobre locação, como a Lei do Inquilinato. Nela, você encontrará uma série de direitos e obrigações tanto do inquilino quanto do proprietário.

Conhecer essas normas é importante para que você possa firmar um contrato de locação em conformidade com lei. Você deve saber, por exemplo, seus direitos quanto ao recebimento dos aluguéis, à devolução do imóvel, às situações de inadimplência etc.

Portanto, mantenha-se informado para evitar imprevistos, inconvenientes ou até conflitos durante o processo de locação.

 

Aprenda sobre os processos administrativos

 

Além da legislação, é essencial que você tenha conhecimento de processos administrativos relacionados à locação. Por isso, conhecer um pouco de gestão e finanças pode ser útil para que o seu objetivo de viver de aluguel realmente dê certo.

Ainda que a locação de imóveis seja um empreendimento que não dê muito trabalho, é preciso estar ciente de que isto é um negócio. Ao ter domínio e controle sobre ele, você evita imprevistos e possíveis prejuízos, garantindo a rentabilidade que tanto deseja.

 

Utilize ferramentas de administração de aluguel

 

Hoje em dia, a tecnologia tem o papel de ajudar uma série de serviços e profissionais. E no ramo imobiliário, também existem ferramentas que auxiliam os proprietários de imóveis em todo o processo de locação – desde o anúncio, passando pela elaboração contratual, até o recebimento de aluguéis.

Por isso, busque soluções tecnológicas. Assim, você poderá administrar o seu imóvel sozinho, mesmo sem imobiliárias. O lado bom é que você tem menos burocracia com intermediários e mais liberdade para lidar diretamente com seu inquilino.

Sem falar, ainda, do suporte que você tem dessas plataformas para garantir o máximo de segurança nas suas locações. Tudo isso facilita o seu trabalho como locador, não deixando que a sua vida como aposentado seja prejudicada.

 

Conheça a Zimobi, a solução para você viver se aluguel na aposentadoria!

 

Se você quer viver de aluguel depois de se aposentar, também deseja tranquilidade e segurança, não é verdade? Para isso, você tem a opção de contar com uma solução simples e eficiente para anunciar seu imóvel e administrar seus aluguéis.

Zimobi é uma plataforma que conta com todos os recursos necessários para você gerenciar as etapas da locação do seu imóvel. Além de ser fácil e prático, o processo pode ser feito online e você não precisa de intermediários.

Sem imobiliárias, a burocracia é menor, permitindo que você alugue com mais agilidade. E, além de economizar tempo, você também evita maiores gastos, como taxas de corretagem e de administração do imóvel.

Ao anunciar seu imóvel pela Zimobi, ele ganha visibilidade em diversos portais de locação de imóveis. Assim, seu anúncio atinge um amplo número de interessados, permitindo que você alugue em pouco tempo.

A plataforma também conta com recursos para candidatos a inquilinos, como análise de crédito, antecedentes criminais, renda e demais informações. Com isso, você tem a segurança de encontrar um locatário confiável e evita o risco de inadimplência e demais problemas.

Outro recurso essencial que você terá com a Zimobi é a facilidade em administrar seus aluguéis. Com a plataforma, você pode emitir modelos de contratos elaborados por profissionais especializados e receber o pagamento dos aluguéis direto na sua conta.

Ou seja, em uma única plataforma, você tem tudo o que precisa para administrar seu imóvel, facilitando a relação entre proprietário e inquilino. Por isso, se você quer alugar, mas não quer que isso traga dores de cabeça, a solução da Zimobi é a ideal.

Que tal já colocar o plano de viver de aluguel em prática? Saiba como anunciar seu imóvel gratuitamente!