Seguro fiança aluguel

Seguro fiança aluguel

 

O número de contratos de aluguel fechados com o seguro fiança cresceu 76% em 2020 e até o mês de novembro havia arrecadado mais de R$ 813 milhões (segundo a Federação Nacional de Seguros). Isso porque é menos burocrático que outras modalidades de seguro, mais barata que o depósito caução e faz com que a locação ocorra sem fiador e de forma rápida.

Abaixo listamos as principais dúvidas que proprietários que alugam direto têm em relação a essa modalidade locatícia ao alugar seu imóvel.

Nesta página você vai encontrar:

  1. Seguro fiança aluguel como funciona?
  2. Seguro fiança aluguel simulação?
  3. Seguro fiança aluguel como calcular?
  4. O seguro fiança é legal?
  5. O que é seguro fiança?
  6. Como calcular o seguro fiança aluguel? 
  7. Quem paga o seguro fiança aluguel?
  8. Seguro fiança aluguel o que cobre? IPTU, água, condomínio, pintura, etc?
  9. Documentos para o seguro fiança para aluguel?
  10. Vantagens do seguro fiança para o inquilino
  11. Quais são as desvantagens?
  12. Seguro fiança é devolvido no final do contrato?
  13. Quais as diferenças entre seguro fiança, CredPago, caução e fiador?
  14.  Seguro fiança comercial, existe?
  15. Qual a melhor opção de seguro?
  16. Quer ajuda com a cotação do seu seguro fiança? Trabalhamos com as principais seguradoras do mercado.

 

Seguro fiança aluguel como funciona?

 

Basicamente, o seguro fiança para aluguel funciona assim: Uma seguradora é contratada para ser o “fiador” do contrato. Quando o inquilino atrasa o aluguel, o proprietário entra em contato com a seguradora responsável e aciona o “sinistro” – muito parecido com os seguros automotivos. Com a contratação desta garantia o aluguel para o proprietário fica garantido mesmo se o inquilino não pagar o aluguel. Esta é a modalidade de garantia que traz maior segurança para o proprietário do imóvel. Também traz tranquilidade para o inquilino, sendo que este não irá apresentar um fiador ou pagar o cheque caução. Outra vantagem é que o processo de locação fica mais rápido e sem tantas burocracias.

As coberturas mais básicas do seguro fiança locatícia garante o pagamento do aluguel ao locador, mas a apólice pode incluir diversas outras coberturas. Pode incluir, por exemplo, pagamento de condomínios deixados em aberto, contas de luz, água, IPTU, multa por rescisão antecipada do contrato, danos provocados ao imóvel e até ressarcimento dos danos causados pelo inquilino à pintura interna do imóvel. Existem alguns seguros que incluem também serviços de chaveiro e encanador.

Seguro fiança aluguel simulação?

 

Seguro fiança aluguel valor: Pode-se dizer que o valor varia entre 8% até 16% do valor do aluguel ou aluguel + encargos (depende da sua escolha de cobertura). Aqui não existe uma regra clara e as variáveis são grandes. Vou fazer uma lista das grandezas que influenciam o preço do seguro aluguel fiança locatícia:

  1.  Valor do aluguel?
  2.  Você quer optar por aluguel + encargos?
  3.  Quantos meses você quer de garantia?
  4.  Quer garantia para danos ao imóvel também?
  5.  Qual a região do imóvel?
  6.  Quem é o pretendente a locação?

Isso mesmo, até quem é o pretendente a locação (CPF) influencia no valor final deste tipo de seguro de aluguel. Muitas vezes acontece do preponente nem ser aceito pela companhia.

Como calcular o seguro fiança aluguel?

 

Para calcular o seguro fiança aluguel basta multiplicar o valor total pela cotação do seguro pelo valor da alíquota do seguro (que pode varias entre 8% e 16%). Então para um total de cobertura (aluguel + condomínio + IPTU) de R$ 1500,00, o seguro terá o valor que pode variar entre R$ 120,00 e R$ 240,00.

A conta é feita da seguinte forma para se obter o valor do seguro fiança aluguel:

Aluguel: R$ 1000,00 + Condomínio: R$ 430,00 + IPTU: R$ 70,00 = Aluguel total: R$ 1500,00 * 0,08 (taxa do seguro) = Valor do seguro: R$ 120,00.

Como mencionado acima, dependendo de cada caso, o valor do seguro pode variar. Sobretudo, o valor é cobrado mensalmente, ficando mais leve para pagar. Além disso, o proprietário ou o inquilino podem solicitar coberturas adicionais, que vão influenciar e acrescer ao valor do seguro fiança.

 

O seguro fiança na lei?

 

O seguro-fiança é uma garantia de aluguel prevista no Art. 37 da Lei do Inquilinato (nº 8245/91), que determina:

Art. 37. No contrato de locação, pode o locador exigir do locatário as seguintes modalidades de garantia:

  1. Caução
  2. Fiança
  3. Seguro de fiança locatícia.

Lembrando que é proibida, sob pena de anular o contrato de aluguel, mais de uma das modalidades de garantia num mesmo contrato de locação.

 

O que é seguro fiança?

 

O seguro fiança é uma modalidade de garantia que substitui outros tipos de garantia, como o caução ou o fiador. Com a contratação deste serviço, basicamente, uma seguradora profissional ira ser o fiador do contrato, possibilitando o aluguel sem fiador. A seguradora é acionada para caso seja necessário cobrir inadimplência ou pendências referentes ao combinado em contrato entre locador e locatário.

Ou seja, na impossibilidade de o inquilino pagar um mês de aluguel, por exemplo, o proprietário aciona a seguradora, que realiza todo o procedimento de cobertura do valor do aluguel e de multas previstas por atraso no pagamento deste.

Quem paga o seguro fiança aluguel? 

 

A prática tradicional do mercado é que o inquilino arque com o valor total do seguro fiança locatícia, mas isso já esta mudando, e alguns proprietário, entendendo que será um benefício mútuo entendem que, eventualmente, podem arcar com metade deste valor para conseguir alugar seu imóvel com maior segurança. Com isso dispensa-se a necessidade da figura do fiador.

 

Seguro fiança aluguel o que cobre? IPTU, água, condomínio, pintura, etc?

 

Gastos do imóvel, como água, luz, IPTU, condomínio, pintura (externa e interna) e multas contratuais, também podem estar cobertos pelo valor do seguro fiança. Em meio há tantas possibilidades de cobrança, é necessário verificar na apólice do seu seguro se estas coberturas estão adicionadas. Ele cobre também possíveis gastos com o pedido de desocupação do imóvel, quando necessário.

 

Documentos para o seguro fiança para aluguel?

 

Ao ser acordado que a garantia do contrato de locação será o seguro fiança, proprietários e locatários precisam enviar uma série de documentos para comprovação e contratação do seguro. É sempre bom verificar com a seguradora quais serão os documentos requisitados, pois pode variar dependendo do locatário e do imóvel. Mas, no geral os documentos solicitados para contratação do seguro fiança para alugar, são:

  • Carteira de identidade e CPF;
  • Comprovante de renda;
  • Cópia da declaração de imposto de renda;
  • Comprovação de endereço.

 

Vantagens do seguro fiança para o inquilino

 

Claro que tudo varia de seguradora para seguradora e, novamente, é necessário consultar quais os serviços adicionados no seguro contratado. Mas de modo geral, as vantagens do seguro fiança para o locatário:

  1. Não é necessário fiador ou depósito caução: conforme já mencionado, apenas uma modalidade de seguro é permitida por contrato. Optando pelo seguro fiança você não precisa pedir para amigos ou familiares assinarem o contrato de aluguel e não precisa desembolsar o valor do caução para entrar no imóvel.
  2. Velocidade para aprovação: A análise do seguro fiança, geralmente, ocorre em poucas horas, então você consegue fechar o contrato muito mais rápido. 
  3. Possibilita o parcelamento em 12 vezes
  4. Fornece assistência 24 horas para consertos emergenciais e instalações gratuitas

 

Quais são as desvantagens?

 

Como tudo na vida, existem os pontos negativos de optar pelo seguro fiança. Aqui vamos pontuar quais são eles:

  1. O valor pago não é devolvido. Diferente do depósito caução, o valor pago para a seguradora não volta para o locatário ou para o proprietário ao final do contrato. A razão disso é que a contratação do seguro funciona como se a seguradora ocupasse o papel de fiador no contrato de aluguel. Esse valor irá ficar com a seguradora no final do contrato, a fim de pagar eventuais riscos assumidos por ela neste processo.
  2. Mais difícil de aprovar: Outro ponto negativo nessa opção é que a seguradora pode não aprovar os documentos do inquilino, dependendo da análise feita pela empresa. As empresas de seguro também realizam uma avaliação da renda, o que pode ser um revés para os autônomos.
  3. Tempo de cobertura: É fundamental que o locador e o locatários se atentem ao prazo de cobertura do contrato com a seguradora. É normal que a cada 12 meses seja necessário fazer a renovação do seguro. Ou seja, fazer o pagamento da apólice novamente para continuar com a cobertura.

 

Seguro fiança é devolvido no final do contrato?

 

Não. Como em outros tipos de seguro, o valor pago pelo seguro fiança não é devolvido. Isso porque, enquanto a apólice estiver vigente e a locação existir, a seguradora estará garantindo o risco.

Porém, se o inquilino tiver feito pagamento à vista do seguro para todo o período da locação e estiver encerrando o contrato antes do prazo, um valor deve ser ressarcido. Por exemplo, se o inquilino fizer o seguro fiança para os 24 meses de aluguel, porém ficou no imóvel apenas 8 meses, deve ser solicitado um endosso de cancelamento e o locatário receberá um reembolso dos meses faltantes que já tenha pago antecipadamente.

Quer ajuda com a cotação do seu seguro fiança?

 

Quer ajuda com a cotação do seu seguro fiança? Vou te dar três motivos para consultar a Zimobi para assegurar o seu aluguel.

  1. Trabalhamos com as principais seguradoras do mercado.
  2. GG – Gratuito para o proprietário e garantia de recebimento do aluguel mesmo com inadimplência.
  3. Assessoria jurídica inclusa no valor

 

 

Quais as diferenças entre seguro fiança, CredPago, caução e fiador?

 

Até agora neste texto do Blog explicamos diversas coisas sobre o seguro fiança. Porém, esta não é a única opção existente no mercado. Estamos vendo cada vez mais opções de seguradoras e tipos de seguro. Aqui vou explicar as mais utilizadas:

  1. CredPago – É uma modalidade de seguro locatício que pode ser cobrado no cartão de crédito do inquilino e traz uma série de coberturas para o proprietário. No final acaba sendo um seguro fiança com outro nome.
  2. Caução – Caução é o valor depositado em conta bancária, o qual não pode exercer o valor três vezes superior ao valor do aluguel, e servirá de garantia. Tem um outro texto bem legal do nosso blog que explica somente sobre o caução para aluguel de imóveis.
  3. Fiador – O fiador é uma pessoa que tem bem próprio e aceita colocá-lo como garantia locatícia para o inquilino. Ele também deve comprovar uma renda mensal, no mínimo, três vezes maior que o valor do aluguel. Geralmente esse bem é o imóvel, mas podem ser feitos contratos de aluguel de imóveis colocando outro tipo de bem, como carros, barcos ou outro item de valor.

Confira neste post do blog os 6 principais tipos de seguro de aluguel

 

Seguro fiança comercial

 

Pessoas jurídicas também podem alugar um espaço para exercer suas atividades com as facilidades do seguro fiança comercial. Essa modalidade de seguro substitui o fiador e oferece vantagens e garantias extras, como crédito único para matriz e filiais e agilidade no processo de locação.

 

Qual a melhor opção de seguro?

 

A resposta é: depende. A melhor coisa é conseguir alugar o seu imóvel rápido e para um bom inquilino. A garantia de locação ajuda a trazer maior segurança e credibilidade para o contrato. Analisando o interessado pela plataforma da Zimobi, você faz a verificação dos dados pessoais e de crédito e pode emitir seu contrato com toda a segurança. Além da Zimobi fazer o orçamento do seguro fiança em todas as empresas citadas acima para aprovar o interessado. Além disso, você pode fechar o seu aluguel com a opção do depósito caução.

 

Garantias de Aluguel – O que é, como funciona e quais as opções no mercado brasileiro

 

Se quiser entender um pouco melhor sobre as melhores formas de trazer maior segurança e garantia ao aluguel assista o vídeo abaixo:

 

 


Compartilhe:

Ebook Grátis

O Guia Definitivo para Alugar Imóveis

Você compreende todos os passos para alugar o seu imóvel sem stress? Será que o modo que você faz hoje é o melhor? Sabe como encontrar bons inquilinos de forma rápida e assertiva?

You have Successfully Subscribed!