7 dicas de como alugar um imóvel residencial

Você tem um imóvel residencial desocupado e está precisando de dicas de como alugar? Pois saiba que a locação de imóvel residencial é uma ótima ideia para garantir um dinheiro extra ou até mesmo viver de renda passiva. Descubra aqui as 7 dicas de como alugar um imóvel residencial.

Sobretudo em tempos de crise, ter uma segunda fonte de renda com o aluguel do imóvel pode ser a melhor saída para complementar seu orçamento. Contudo, para alugar imóveis, os proprietários precisam de algumas estratégias e conhecimentos básicos para que o empreendimento dê certo.

Se você é novo no ramo imobiliário ou quer dicas para fazer a locação de imóvel residencial com mais segurança e praticidade, este texto é para você.

Confira 7 dicas de como alugar um imóvel residencial, a seguir.

 

7 dicas de como alugar um imóvel residencial

 

1. Mantenha a boa aparência do imóvel

Antes de tudo, tenha em mente que o imóvel a ser alugado deve ter plenas condições de habitação. Por isso, antes de colocá-lo para alugar, mantenha-o sempre reformado ou com os devidos reparos, se necessário.

Lembre-se também de garantir uma boa apresentação do imóvel, com uma fachada bonita e um interior limpo e bem cuidado. Se o local estiver fechado durante muito tempo, é importante dar uma manutenção.

Uma aparência ruim e com ar de descuido pode não só interferir negativamente na decisão do inquilino, como também acabar desvalorizando o seu imóvel.

2. Considere o perfil do locatário

Outra boa dica para a locação de imóvel residencial é considerar o perfil do seu público. Levando em conta a localização, o bairro, o tamanho do imóvel e demais características, você pode ter uma ideia de qual é o perfil interessado. Com isso em mente, valorize e adapte o imóvel para atingir o inquilino ideal.

Além disso, faça a manutenção e o reparo do local já pensando nessas particularidades, assim como pintura, pisos e acessórios. Dessa forma, você não apenas consegue um locatário mais rápido e adequado para o seu imóvel, como também garante uma maior satisfação por parte do cliente.

3. Aposte em uma ampla divulgação do seu imóvel

Uma das principais dúvidas de quem está se inserindo no ramo imobiliário é: como vou conseguir inquilinos? Para resolver esse problema, aposte em uma ampla e boa divulgação do seu imóvel.

Você pode começar anunciando nas redes sociais, mas sempre lembrando de redigir uma descrição atrativa do imóvel e garantir a melhor qualidade possível das imagens. Mostre diferentes ângulos, preste atenção na iluminação e mostre os cômodos e ambientes de forma completa.

Para atingir ainda mais interessados, você pode apostar em plataformas especializadas em anúncio de imóveis. Com portais como esses, seu anúncio ganha mais espaço na internet e, assim, você encontra um inquilino mais rápido.

Na Zimobi, você anuncia grátis o seu aluguel e divulga seu imóvel nos principais classificados imobiliários. Saiba como clicando aqui.

4. Procure conhecer o seu futuro inquilino

Quando encontrar um cliente interessado no seu imóvel, procure conhecê-lo melhor antes de fechar o contrato. É importante fazer uma análise de crédito, conhecer suas condições financeiras e certificar-se de que ele tem bons antecedentes criminais.

Tudo isso ajudará a saber se ele cumprirá com as suas obrigações enquanto inquilino; evitando, assim, inadimplências e demais problemas. Além disso, da sua parte enquanto proprietário, também é importante oferecer abertura para o diálogo, a fim de que o inquilino tire dúvidas e receba todas as informações necessárias.

5. Saiba quanto cobrar de aluguel

Outro ponto importante ao decidir pela locação de imóvel residencial é ter uma boa noção do quanto cobrar de aluguel. Afinal, o preço tem que ser justo tanto para o locador quanto para o locatário. Além disso, um valor muito acima do mercado pode espantar os clientes – e, assim, você acaba perdendo oportunidades.

Para calcular o valor do imóvel, é preciso levar vários fatores em consideração. Alguns dos mais importantes são o preço médio de mercado, a localização e as condições do imóvel.

 

6. Escolha uma garantia locatícia

Outra dica importante é não se esquecer da garantia locatícia. Na locação de imóvel residencial, é comum que os proprietários escolham algum tipo de seguro de aluguel. Os mais comuns são: fiador, seguro fiança, depósito caução e título de capitalização.

Para eleger a opção mais adequada, leve em conta os dados financeiras do locatário e analise o que é mais viável para o caso específico. Essa garantia é fundamental para que o locador tenha segurança em casos de inadimplência ou demais problemas com o inquilino.

Além disso, lembre-se de oferecer várias opções de garantia locatícia. Muitas vezes, os proprietários que oferecem apenas o seguro fiador, por exemplo, por ser mais comum e tradicional, perdem potenciais inquilinos.

7. Elabore o contrato de locação

O contrato de aluguel é o documento mais importante ao fazer a locação de imóvel residencial. Por isso, deve ser elaborado com cuidado para contemplar todos os termos e cláusulas necessários.

Alguns pontos que não podem faltar são:

  • Valor do aluguel;
  • Tempo de vigência do contrato;
  • Garantia locatícia;
  • Penalidades decorrentes de descumprimento legal e contratual;
  • Critérios para reajuste do valor do aluguel;
  • Condições para a rescisão contratual e as possíveis multas.

Por fim, não se esqueça de que, para administrar a locação de imóvel residencial por conta própria, é fundamental ter conhecimento da legislação. Assim, você garante que todo o processo seja feito em conformidade com a lei e evita irregularidades e problemas futuros.

Para isso, você pode contar com uma plataforma especializada em locação de imóveis. Na Zimobi, por exemplo, é possível anunciar seu imóvel gratuitamente, fazer a análise de crédito dos antecedentes do inquilino e criar contratos a partir de modelos pré-definidos por profissionais especializados na área jurídica.

Inclusive, também pode fazer a cobrança e o recebimento de aluguéis, com a vantagem de ter tudo centralizado em uma só ferramenta. E o melhor de tudo é que, na Zimobi, você aluga sem imobiliária, diminuindo as burocracias e economizando com taxas.

Agora que você já sabe as 7 dicas de como alugar um imóvel residencial, não deixe seu imóvel parado! Entenda como a Zimobi funciona e anuncie gratuitamente o seu aluguel!


Compartilhe:

Ebook Grátis

O Guia Definitivo para Alugar Imóveis

Você compreende todos os passos para alugar o seu imóvel sem stress? Será que o modo que você faz hoje é o melhor? Sabe como encontrar bons inquilinos de forma rápida e assertiva?

You have Successfully Subscribed!

×