Blog Zimobi

Diariamente, milhares de novos anúncios são criados em plataformas de imóveis. Enquanto uns aparecem no topo, outros estão na segunda, terceira ou até última página das buscas. Nesse duelo por relevância, quem tem boas imagens já está um passo à frente da conquista. 

 

Então, como tirar boas fotos de imóvel? É possível ter um bom resultado usando o celular? Só fotos profissionais ganham destaque? O que fazer para ter fotos atrativas? 

 

Antes de tudo, é importante dizer que, sim, é possível tirar boas fotos sozinho(a). Com calma, atenção aos detalhes e alguns truques especiais é possível garantir anúncios de brilhar os olhos. Abaixo nós te contamos tudo sobre como chegar lá!

1) Bons ângulos fazem a diferença

Aqui o segredo é testar. Para conquistar uma foto excepcional, diversos ângulos devem ser experimentados. Mas antes sair fazendo vários cliques, reflita sobre quais são os pontos fortes do seu imóvel. Qual cantinho dele é único e pode chamar atenção? Como valorizar esse espaço na imagem? Depois disso, comece a testar os melhores pontos para você se posicionar com o celular ou câmera. 

Teste tirar fotos de cima pra baixo, de baixo pra cima, em diversas alturas. Depois, escolha as melhores e que mais valorizam seu imóvel.  

Evite divulgar fotos com excesso de parede, teto e chão à mostra. São detalhes que não costumam agradar muito os olhos do público.

2) Coloque-se no lugar do futuro inquilino

Se você fosse alugar um imóvel hoje pela internet, quais tipos de fotos gostaria de ver? É dessa forma que você deve pensar quando for fazer as suas. Ter um ambiente organizado é sempre uma boa pedida. 

Avalie também a forma e a sequência que escolherá apresentar suas imagens. Qual a lógica você gostaria de ver se estivesse no lugar no inquilino? Lavanderia, banheiro, cozinha, sala e quarto ou o contrário? Em geral, começar com fotos mais gerais e seguir com as específicas funciona bem.  

Mas, claro, tudo irá depender de quais são os pontos fortes do seu imóvel. Sem dúvidas, eles devem ser os primeiros a serem mostrados! 

3) Iluminação

Evite excessos para mais ou para menos e aproveite a luz natural sempre que possível. Ela vai valorizar o seu imóvel, dando um aspecto suave às fotos. Para isso, escolher bons horários para as fotos é primordial. O nascer e pôr do sol são dois excelentes momentos. 

Se o imóvel é pouco iluminado, você precisará de auxílio da iluminação artificial. Nesse caso, cuidado com a falta ou excesso de luz, e também com o uso do flash. Se não usados corretamente, podem gerar sombras desagradáveis ou fotos com a luz “estourada”.

4) Filtros: use com moderação

Hoje os filtros são os grandes queridinhos para a edição de imagens. Mas, aqui vale a regra de menos é mais! Utilize a edição apenas para ajustes sutis, como brilho, contraste e pequenas alterações de cor. Evite usar opções que mudam a cor da imagem, por exemplo.  Eles podem criar um aspecto artificial e desvalorizar seu imóvel. 

O que deve prevalecer é a naturalidade do seu imóvel. Você precisa ressaltar os pontos fortes, mas nunca passar uma imagem daquilo que ele não é.

5) Valorize o que é seu

Uma bela vista da janela, um cômodo diferenciado, uma boa vizinhança, um móvel bonito, um parque ou praça nas proximidades: não tenha medo de mostrar aquilo que, de fato, agrega valor ao seu imóvel.

Com as fotos, o futuro inquilino vai saber dos detalhes assim que bater o olho nas imagens e, se tiver interesse em mais informações, irá recorrer à descrição do anúncio, onde você deve deixar todas as informações muito claras.

DICA EXTRA

Após tirar excelentes fotos, é preciso saber em quais plataformas anunciar o seu imóvel. Que tal deixar que alguém faça isso por você e ainda te auxilie na hora de agendar as visitas dos interessados? A Zimobi faz isso e muito mais. Anuncie grátis seu aluguel.

Siga a Zimobi nas redes